19.7.13

Festival de MPB começa neste domingo em Tatuí, SP

Evento segue até a próxima sexta-feira (26).
Festival traz diversas atrações musicais para o público.

Do G1 Itapetininga e Região

Arismar do Espírito Santo (Foto: Kazuo Watanabe/Conservatório de Tatuí)Músico Arismar do Espírito Santo é uma das
atrações do Festival. (Foto: Kazuo Watanabe)

Começa neste domingo (21), o 20º Festival de MPB – Painel Instrumental do Conservatório de Tatuí (SP). A programação segue até a próxima sexta-feira (26) com diversas atrações para músicos e para o público. Nomes respeitados internacionalmente participam do evento em shows e workshops. Dentre os principais convidados estão Egberto Gismonti, Heraldo do Monte, Banda Mantiqueira e Guinga.

O festival promove, ao longo de cinco dias, aulas técnicas e shows. Enquanto os shows são abertos a todo público, as aulas técnicas são voltadas a 150 músicos e estudantes de música inscritos e selecionados por uma comissão.

Todos os shows são realizados no Teatro Procópio Ferreira, que fica na rua São Bento, 415, a partir das 20h30. O show de abertura, no domingo, 21, será de Toninho Ferragutti Quinteto – formado pelo próprio Ferragutti no acordeon; Alexandre Ribeiro, clarineta; Henrique Araujo, cavaquinho; Roberta Valente, percussão; e Zé Alexandre Carvalho, baixo acústico.

Na segunda-feira (22), a atração será o contrabaixista Arismar do Espírito Santo e a Jazz Combo do Conservatório de Tatuí, que dividem o palco no show “Alegria nos Dedos”. As composições do próprio Arismar do Espírito Santo, músico que realizou trabalhos importantes na MPB.

A atração de terça-feira (23), será o Lupa Santiago Sexteto, formado pelo guitarrista que dá nome ao grupo e por Vitor Alcântara, saxofone; Cassio Ferreira, saxofone; Daniel D\'Alcântara, trompete; Nenê, bateria; e Gustavo Sato, contrabaixo.

Na quarta-feira (24), o show será com Heraldo do Monte e quarteto formado exclusivamente para a ocasião, integrado por Arismar do Espírito Santo, baixo; Rodrigo Ursaia, saxofone; Cleber Almeida, bateria; e Beto Corrêa, piano. Heraldo do Monte está entre as “lendas” da cena instrumental e tem seu nome registrado em alguns dos mais importantes discos da música brasileira.

O show de quinta-feira (25) é um dos mais esperados do festival. O multi-instrumentista Egberto Gismonti, considerado um ícone na música brasileira, estará em a Tatuí pela segunda vez.
O último dia do festival, sexta-feira (26), terá show especial às 13h. A abertura será dos alunos e professores do Painel Instrumental, seguida de show de Gileno Santana e Jazz Combo do Conservatório de Tatuí.

O encerramento, ainda na sexta, às 20h30, será com o exclusivo show “Banda Mantiqueira convida Guinga”. A Banda Mantiqueira reúne grandes nomes da música instrumental, coordenada por Nailor Proveta. Já o violonista e compositor Guinga, teve teve várias de suas músicas gravadas por nomes importantes: Elis Regina, Michel Legrand, Sérgio Mendes, Leila Pinheiro, Chico Buarque, Clara Nunes, Ivan Lins e outros.

Vitrine do Painel
O Festival de MPB – Painel Instrumental ainda abre espaço a novos talentos e a talentos consagrados em novos grupos de música popular brasileira. Por meio do Painel Instrumental, apresentações são realizadas todos os dias. As apresentações ocorrem a partir das 19h30.
Neste ano, estão confirmadas as participações do Trio Espinha de Peixe (dia 21), Trio a Vácuo (dia 22), Dinho Nogueira (dia 23), Noneto Birth of the Cool Tributo (dia 24), Rafael Abdalla Quarteto (dia 25) e Joseval Paes Jazz Trio (dia 26).

Sobre o Festival
O Painel Instrumental é uma das três ações do Festival de MPB do Conservatório de Tatuí. O evento é realizado anualmente desde 2010 e reúne atividades pedagógicas e artísticas voltadas a qualquer interessado. São oferecidas oficinas, workshops e shows, além de possibilidade de difusão de novos trabalhos, tendo como professores artistas consagrados em da MPB instrumental.

O festival de música instrumental é aguardado por oferecer diferentes possibilidades aos inscritos. Uma delas é a chance de integrar uma série de oficinas exclusivas para os que são aprovados em testes para esse fim. A partir das oficinas, são formadas big bands, e as aulas serão ministradas por especialistas de destaque no meio artístico e/ou acadêmico nacional ou internacional. As apresentações, como concertos e recitais, são abertas ao público em geral.

O evento tem como objetivos incentivar a prática de música instrumental brasileira; divulgar a música instrumental brasileira; promover o intercâmbio de informações entre participantes; e incentivar novos talentos da música instrumental brasileira.

G1

ITAPETININGA E REGIÃO

TV TEM http://g1.globo.com/sao-paulo/itapetininga-regiao/noticia/

Nenhum comentário:

Postar um comentário