15.3.14

Jovens estão redescobrindo o samba, diz Alcione, que faz turnê com Martinho

Tiago Dias
Do UOL, em São Paulo

  • Roberta Sá, Martinho da Vila, Alcione e Diogo Nogueira vão excursionar por seis capitais

Laureados do samba --do batuque da roda à pompa da avenida-- Martinho da Vila e Alcione estão em clima de estreia. O projeto musical da Nívea, que antes homenageou imortais como Elis Regina e Tom Jobim, dedica a turnê deste ano a um patrimônio centenário: o próprio samba. Os medalhões já cantaram juntos no mesmo palco, mas o gosto desde projeto nunca foi provado antes, e traz também dois representantes da nova geração, Diogo Nogueira e Roberta Sá,

13.3.14

Osesp comemora 60 anos encarando novos desafios

José Patrício/Estadão

A orquestra durante gravação na Sala São Paulo - José Patrício/Estadão

A orquestra durante gravação na Sala São Paulo

Duas determinações do então governador Lucas Nogueira Garcez foram publicadas na mesma página no Diário Oficial no dia 13 de setembro de 1954: o 1.º Grupo Escolar de Fernandópolis passaria a se chamar Joaquim Antonio Pereira; e estava autorizada a criação da Orquestra Sinfônica do Estado de São Paulo. Sessenta anos depois, o grupo escolar tornou-se escola estadual e continua a homenagear o fundador da cidade a 500 quilômetros da capital, elegendo o meio ambiente como bandeira de conscientização de seus alunos. E a orquestra? Bom, com o tempo ganhou a alcunha de Osesp – e tornou-se o principal conjunto sinfônico brasileiro.

Tornar-se referência na vida musical paulista e, quiçá, brasileira já era objetivo registrado, ainda que de modo discreto, na lei que criava o grupo. Mas, ao longo desses 60 anos, foram tamanhas as crises que acreditar no futuro da orquestra não era mais do que o desejo esperançoso de um porvir melhor. O que pensaria sobre o futuro um leitor do Jornal da Tarde que se deparasse, em 1974, com a manchete "A Sinfônica está morrendo"? Ou alguém que, em meados dos anos 90, veria um enfraquecido maestro Eleazar de Carvalho lutando para manter viva uma orquestra que nem mesmo uma sede própria tinha?