8.6.13

Moda de viola e música instrumental estão na programação do Sesc no domingo

A dupla Parreira e Rei do Vale se apresenta às 10h. Já o Quinteto São Do Mato faz show às 16h30. A entrada é gratuita

O Sesc Campinas traz neste domingo (9) uma programação para os amantes da músicacontemporânea e caipira.
Às 10h, na área de convivência, a dupla Parreira e Rei do Vale apresenta músicas de seu disco, "Mãe Natureza", e outros grandes sucessos da moda de viola.
Já às 16h30, no Teatro do Sesc, o destaque será o Quinteto São Do Mato (foto). O grupo encontrou uma maneira autêntica e intrigante de emocionar o público com um som instrumental provocativo, fazendo parte de uma geração de músicos que desenvolvem uma linguagem musical contemporânea.
Sua identidade não é limitada por fronteiras e se caracteriza pela grande diversidade de estilos musicais. No repertório, músicas de Hermeto Pascoal, Moacyr Santos, Edu Lobo e Baden Powell, além de trilhas sonoras de filmes e músicas próprias.

Serviço:

Música ao vivo
Local: Sesc Campinas. Rua Dom José I, 270/333, bairro Bonfim – Campinas. (19) 3737-1500
Data: 9 de junho
Horário: 10h (Parreira e Rei do Vale) e 16h30 (Quinteto São Do Mato)
Entrada: gratuita
Fonte: assessoria de imprensa

 

Início http://www.campinas.com.br/cultura

7.6.13

Circuito Sesc de Artes passará por 102 cidades de SP

Agência Estado

Começa nesta sexta-feira e vai até o dia 23 o Circuito Sesc de Artes, que passará por 102 cidades do Estado. Na programação, que pode ser conferida no site www.sescsp.org.br/circuito, mais de 63 atrações gratuitas e cerca de 40 artistas brasileiros e estrangeiros das mais variadas áreas, como música, dança, teatro, circo, artes visuais, literatura, artemídia e cinema. Entre eles, Tulipa Ruiz, Fabiana Cozza e Céu. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

ESTADO.COM.BR - CulturaCULTURA
http://www.estadao.com.br/noticias/

6.6.13

Orkestra Rumpilezz abre programa “Cultura na Rua”

MÚSICA  -  Big Band

A primeira apresentação acontece no dia 8 de junho

05/06/13 às 13:10 atualizado às 13:10 Redação Bem Paraná com assessoria

(foto: Divulgação)

A Orkestra Rumpilezz, big band instrumental baiana de percussão e sopros criada pelo maestro Letieres Leite, será a primeira convidada do programa Cultura na Rua. A iniciativa, capitaneada pela Fundação Cultural de Curitiba (FCC), levará atrações artísticas para espaços públicos da cidade. A primeira apresentação acontece no dia 8 de junho, às 13h, na Boca Maldita, no centro de Curitiba, com o apoio da Petrobras.
“O Cultura na Rua vem como resposta a uma demanda de ofertar eventos de qualidade fora de teatros e espaços culturais. Assim, damos oportunidade para um público que normalmente não tem acesso a esses artistas”, explica o presidente da FCC, Marcos Cordiolli. Ele lembra ainda que o programa sempre abrirá espaço para atrações locais. Esta primeira edição terá a participação da Banda Cultura Racional, que se apresenta às 15h, na Travessa Oliveira Belo. O grupo, com quase 40 integrantes, tem em seu repertório hinos cívicos e temas referentes à cultura racional.

 

5.6.13

LEOPOLDO em entrevista (recordando)

No palco, regendo mais um show com os artistas de Tupâ: o menino que sonhou ser centroavante marcou gols de placa na música

No palco, regendo mais um show com os artistas de Tupâ: o menino que sonhou ser centroavante marcou gols de placa na música

O dia 1º de setembro de 2012, um sábado, foi histórico para o Círculo Militar de Campinas. Esta foi a data da última apresentação na cidade do maestro Leopoldo de Arruda Castro e a sua famosa orquestra de Tupã. A ocasião do Baile da Pátria, de gala, acabou se transformando na despedida dos clubes campineiros de um dos maiores nomes da época de ouro das orquestras que levaram milhares, talvez milhões, aos salões de dança, entre os anos 50 e 70. O maestro Leopoldo faleceu ontem, na Santa Casa de Misericórdia de Tupã, a cidade que amou e onde viveu por tantas décadas.

A outra via do instrumental - MÚSICA

Letieres Leite apresenta o universo percussivo baiano com sua Orkestra Rumpilezz em show hoje à noite

Orquestra

Grupo tem chamado a atenção de público e mídia com suas pesquisas sonoras

PUBLICADO EM 04/06/13 - 03h00

THIAGO PEREIRA

“A música instrumental brasileira é orientada em dois polos muito claros: samba e baião. Eu percebi que existia uma terceira via”. Foi esse o estalo inicial para Letieres Leite começar a estudar, ainda nos anos 1980, a música afro-brasileira. “Ela tem raízes ancestrais, é próxima da música sacra”, completa. O resultado desta descoberta foi materializado na Orkestra Rumpilezz, que faz show hoje na capital mineira. Resultado de anos de estudo do maestro, o grupo foi criado em 2006 para abrigar  composições concebidas a partir de desenhos rítmicos do universo percussivo baiano.