1.7.13

Músicos de verdade atuam nas bandas de Saramandaia

JOÃO FERNANDO - Agência Estado

Em meio ao realismo mágico de Saramandaia, existe uma verdade: os integrantes das Filarmônica Bolebolense e a da Lira Euterpiana são músicos de verdade e gravaram a trilha instrumental da novela. "A gente aproveitou a presença de músicos (na história) no posto e tive a ideia de contratar esses 18 profissionais", conta Sergio Saraceni, responsável pelas músicas que pontuam a trama, dirigida por Denise Saraceni, sua irmã.

Os instrumentistas se juntaram à equipe de Saraceni para gravar cerca de 40 composições do artista. "Eles se uniram à minha orquestra e formamos um grupo com mais de 50 músicos para a trilha sonora original." Parte das músicas foi composta antes do início das gravações. "Fiz em cima do roteiro, depois, comecei a receber algumas imagens. Ao mesmo tempo que eu ia mandando, Denise e equipe iam aproveitando como elemento de inspiração nas gravações."

A diretora costuma tocar músicas no set para ajudar o elenco. "Faço muitos climas em cena sem diálogo ou cena com emoção. Às vezes, é preciso um clima mais concentrado. Na hora em que começa a rodar, eu tiro a música", disse à reportagem.

Os irmãos investiram na música instrumental. "Pelo horário, Denise e Ricardo (Linhares, autor) optaram por ir na praia do cinema americano, todo orquestrado. Há uma citação do Pavão Mysteriozo em um trecho", explica ele, citando o tema de abertura da versão original da trama de 1976. Na lista, há apenas quatro composições cantadas. "Só os pares românticos ", reforça a diretora.

Na atração, as duas orquestras estão em lados políticos opostos e são lideradas por Totó (Zéu Britto), líder do grupo musical saramandista, e Cursino (André Abujamra), dos conservadores bolebolenses. A dupla é sócia na barbearia da cidade, mas tem atritos em relação às ideologias. "Quando me chamaram, eu disse que era muito louco para ser o tradicionalista. Sempre fui libertário na música e na vida e estou fazendo o oposto", afirma André, que tem formação musical e já compôs a trilha de mais de 20 filmes. Ele, porém, ficou longe da partitura da novela, apesar de as canções terem sonoridade parecida com a de seu trabalho.

As informações são do jornal O Estado de S. Paulo

 

ESTADO.COM.BR - Cultura/Cultura
http://www.estadao.com.br/noticias/

Um comentário:

  1. Vocês sabem os nomes ou partituras das músicas tocadas pela Filarmônica Bolebolense e a Lira Euterpiana?

    Desde agradeço.

    ResponderExcluir