18.3.13

Semana Santa é marcada por concertos de música sacra

Orquestra e Coro Sinfônicos fazem duas apresentações em Tatuí

A Orquestra Sinfônica e o Coro Sinfônico do Conservatório de Tatuí, equipamentos da Secretaria de Estado da Cultura e do Governo de São Paulo, fazem dois concertos com programa especial de música sacra em celebração à Semana Santa. As apresentações serão nas próximas quarta-feira, 27, e quinta-feira, 28, sob regência do maestro João Maurício Galindo e com preparação do coro do maestro Cadmo Fausto.

Na quarta-feira, 27, o concerto será realizado às 19h na Igreja Matriz Nossa Senhora da Conceição, que fica na Praça da Matriz, s/n. A entrada é franca. Já na quinta-feira, 28, o concerto acontece a partir das 20h30, no teatro “Procópio Ferreira”, que fica na rua São Bento, 415, com ingressos vendidos a R$ 12 (R$ 6 idosos, estudantes e aposentados).

Em ambos os concertos, os grupos apresentam as obras “Sinfonia nº 49 – La Passione”, em quatro movimentos, de Josef Haydn; e “Requiem n. 1 em dó menor”, de Luigi Cherubinni. São obras conhecidas do repertório sacro e foram escolhidas especialmente para a Semana Santa.

A Sinfonia nº 49 de Haydn foi composta em 1768, sob o espírito do movimento Sturm und Drang (“Tempestade e Ímpeto”) – um movimento inicialmente literário (com Goethe e Schiller, entre outros) e mais tarde também musical, associado às sonoridades escuras e a mudanças bruscas de ambiente. A obra foi composta por Joseph Haydn, um dos mais importantes compositores do período clássico.

Já o Réquiem em dó menor foi composto pelo compositor italiano Luigi Cherubini, em 1816. Ele, que viveu e trabalhou na França, compôs a obra para marcar o aniversário da execução do rei Luis XVI. O trabalho foi muito admirado por Beethoven, Schumann e Brahms. Em 1836, Cherubini escreveu um Requiem em Ré Menor para ser executado em seu próprio funeral. É para coro masculino, já que as autoridades religiosas havia criticado o uso de vozes femininas na obra anterior.

As obras irão marcar a semana que é lembrada pelos cristãos. As peças vêm sendo preparadas em vários ensaios pela Orquestra Sinfônica e Coro Sinfônico. A orquestra, criada em 1985, tornou-se em 2011 um dos grupos mais ativos da música clássica brasileira. Reúne cerca de 60 instrumentistas e alunos-bolsistas, tendo João Maurício Galindo à frente como regente titular, considerado um dos melhores maestros brasileiros da atualidade. A orquestra fez na última temporada dezenas de concertos e apresentações marcantes, como os da Sinfonia nº 9 em ré menor, op. 125, “Coral”, de L. van Beethoven, e da cantata cênica “Carmina Burana”, de Carl Orff. Este último apresentado na série de concertos Tucca, na Sala São Paulo. Nos anos de 2011/2012, a Orquestra do Conservatório de Tatuí desenvolveu o projeto Música Orquestral Alemã, idealizado pelo renomado maestro Felix Krieger.

Já o Coro Sinfônico do Conservatório de Tatuí, fundado em 1988, é formado por cerca de 30 alunos bolsistas e professores-monitores da instituição. O Coro do Conservatório de Tatuí é o único bicampeão do Mapa Cultural Paulista. Sob regência de Cadmo Fausto, em 2011, junto com a Orquestra Sinfônica do Conservatório de Tatuí, apresentou a cantata cênica “Carmina Burana”, de Carl Orff, na série de concertos TUCCA, na Sala São Paulo – projeto que será reapresentado neste ano de 2013. Também neste ano, o grupo fará apresentação com a Orquestra Sinfônica de Heliópolis, sob regência de Isaac Karabtchevsky, na Sala São Paulo.

SERVIÇO

Orquestra Sinfônica e Coro Sinfônico do Conservatório de Tatuí

João Maurício Galindo, regente da orquestra

Cadmo Fausto, regente do coro

27 de março . Quarta-feira . 19h00

Igreja Matriz Nossa Senhora da Conceição

Praça da Matriz, s/n . Tatuí

Entrada franca

28 de março . Quinta-feira . 20h30

Rua São Bento, 415 – Centro – Tatuí

Ingressos: R$ 12 (R$ 6 idosos, estudantes e aposentados)

Informações: 15 3205-8444

 

Nenhum comentário:

Postar um comentário