18.9.14

Banda Jovem Sagrado Coração vai se apresentar em 10 escolas de Mogi

Cerca de 4 mil alunos da rede estadual da cidade terão oportunidade de aprender sobre música instrumental

Divulgação

Estudantes vão receber, além da apresentação, informações didáticas sobre o meio musical

Jéssica Almeida
Da reportagem local

A influência da música na formação de jovens e crianças é o que inspirou a Banda Jovem Sagrado Coração, a realizar apresentações em 10 escolas estaduais de Mogi das Cruzes, como parte do projeto "Música, Formação e Transformação", que pretende chegar a aproximadamente quatro mil estudantes.
Até o dia 12 de novembro, sempre as quartas-feiras, às 15 horas, o grupo toca em centros educacionais, de Jundiapeba à Sabaúna. Hoje a apresentação será na Escola Estadual Professor Cláudio Abrahão, que fica na Vila Jundiaí. De acordo com Allan Caetano, maestro e idealizador do projeto, o objetivo é difundir a música instrumental entre os estudantes. "Nós já nos apresentamos em algumas escolas, mas é a primeira vez que faremos um circuito por várias delas. A ideia é levar a música instrumental para os alunos e fazê-los enxergar as inúmeras possibilidades além cultura de massa", comentou.

 


Além das apresentações musicais, também serão oferecidas aos estudantes informações didáticas sobre bandas, concertos, períodos importantes da história da música, compositores e instrumentos musicais utilizados.
Banda
Surgida em 2008, graças a doações de instrumentos da cidade italiana de Montescaglioso, o grupo era formado por 17 alunos. O nome foi escolhido em homenagem a Associação Missionária Catequista do Sagrado Coração, na qual é desenvolvido o "Projeto Estrela", que assiste as crianças da banda.
Não é necessário saber tocar algum instrumento para integrar a equipe, os pré-requisitos, além de ser um participante do projeto, é ter, no mínimo, 7 anos e, no máximo, 15. "A idade limite para se inscrever é 15 anos, mas nós temos diversos casos de alunos que após essa idade não quiseram se afastar da banda e se tornaram auxiliares dos professores. Hoje, eles ganham uma bolsa-auxílio pela monitoria e continuam aprendendo", ressaltou Allan.
Até o ano passado, o grupo era formado por 40 alunos, mas, este ano, graças aos incentivos da Fundação Gerdau e do Programa de Ação e Cultura (ProAC), do Governo do Estado de São Paulo, o número de integrantes subiu para 120. "Os incentivos foram fundamentais para o projeto. Nós já tínhamos esse número de crianças inscritas na banda no ano passado, mas só foi possível atender a todas elas após as doações", afirmou o maestro.
Projetos
Após o encerramento das apresentações nas escolas estaduais de Mogi, a banda está com um show confirmado o dia 3 de dezembro no Teatro Vasques. Para 2015, a meta é contratar mais professores e dar continuidade aos espetáculos didáticos nas escolas da cidade que não forem contempladas na temporada deste ano.

Mogi News  http://www.moginews.com.br/materia/

Nenhum comentário:

Postar um comentário