17.6.14

Salvador faz seu 19ª festival de música instrumental com 12 shows em 4 dias

De quinta-feira a domingo, às 20h, o XIX Festival de Música Instrumental da Bahia, vai agitar a Sala Principal do Teatro Castro Alves, Campo Grande.

O projeto que tem curadoria do maestro Zeca Freitas e do pianista e ator Fernando Marinho conta com 12 shows, numa diversidade de ritmos e estilos para todos os gostos, com alguns dos mais virtuosos e consagrados instrumentistas, compositores e arranjadores do país, além da atração internacional, a Orquestra Victória, da Argentina. Ingressos: R$20 (inteira) e R$10 (meia). Mais informações: (71) 3341-6149.

Nesta décima nona edição, o público será brindado com mais um mosaico de gêneros e linguagens musicais do atual cenário da música instrumental: Camará Ensemble, homenageando os 60 anos da Escola de Música da UFBA e os compositores baianos; a sonoridade vigorosa do Letieres Leite Quinteto; a homenagem ao mestre Villa-Lobos com o pianista Amilton Godoy e o gaitista Gabriel Grossi; o virtuosismo do violonista Marco Pereira e do acordeonista  Toninho Ferragutti em duo inédito; a erudição da Orquestra de Violões da UFBA;  jazz com o toque local do Saravá Jazz Bahia Sexteto; a “viagem musical”  da Chapada com o Grupo Instrumental do Capão; jazz, funk, samba e swing  com  o baixista Artur Maia,  o guitarrista Gerson Silva e amigos; a música étnica e filosófica do grupo Ubuntu; a versatilidade do pianista e  acordeonista Estevam Dantas e grupo; o som contemporâneo do saxofonista Eric Almeida.

E, da Argentina, o tango moderno da Orquestra Victoria. Formada  por 13 jovens, tem influências do jazz e da música clássica a orquestra apresenta uma nova visão  do tango no século XXI,  incluindo e re-elaborando a linguagem de algumas das orquestras dos anos 50, principalmente a Orquestra Típica de Horacio Salgán,  inspiradora da  Victoria.

Nos seus arranjos e composições, nota-se a   presença da música renascentista e barroca até as  cores harmônicas dos compositores impressionistas franceses do começo do século XX, sem deixar de lado os principais compositores do tango do século XX ou a influência rítmica do folclore rio-platense.  

No repertório também há espaço para obras com elaborada instrumentação e arranjos vocais para cantor solista ou duo, que dão uma sonoridade muito pouco usada na história do tango.

“Vai ser mais um gol”, brinca o ator  e pianista Fernando Marinho, lembrando o clima de festa e celebração da Copa do Mundo neste mês de junho, destacando que o Festival será uma excelente opção de entretenimento e arte na capital baiana. “Estaremos no mesmo circuito da Copa, proporcionando ao público shows da melhor música instrumental baiana, brasileira e argentina, fortalecendo o diálogo e o intercâmbio neste segmento”, afirma.

Já o maestro Zeca Freitas confia em “uma goleada” a cada noite do Festival. “Estamos trazendo pelo menos cinco nomes respeitadíssimos no cenário nacional, e ainda um grupo representativo do interior baiano, mais precisamente da Chapada Diamantina, e uma orquestra maravilhosa de tango, da Argentina, entre outras atrações”, revela.

Neste ano, a curadoria do evento decidiu homenagear os 60 anos da Escola de Música da UFBA, instituição historicamente ligada ao Festival, e onde são formados muitos dos profissionais que hoje brilham nos palcos. Outro homenageado será o músico Amilton Godoy,  73 anos, um dos fundadores do lendário Zimbo Trio, criado em 1964, considerado  como um dos maiores pianistas brasileiros.

Consolidado como um dos mais importantes eventos do gênero no Brasil, criado nos anos 1980, O Festival de Música Instrumental da Bahia  já  contou com a participação de nomes como Hermeto Pascoal, Sivuca,  Yamandú Costa, Armandinho, Spok Frevo Orquestra, Bianca Gismonti, Hamilton de Holanda, Wagner Tiso, César Camargo Mariano.

O Festival é uma realização da Associação Instrumental da Bahia, com apoio financeiro do Fomento à Cultura/Fundo de Cultura, Secretaria de Cultura, Secretaria da Fazenda e Governo da Bahia. Produção da Mil Produções.

      http://www.tribunadabahia.com.br/

 

    Nenhum comentário:

    Postar um comentário