30.5.12

Festival de Música Instrumental invade o Conservatório Pernambucano de Música

Saracotia, Mandinga e Grass Brasil são algumas das atrações do festival que acontece de sexta (1) ao domingo (3)

Publicado em 29/05/2012, às 07h56

Beatriz Braga

O Conservatório Pernambucano de Música se prepara para apresentar o Festival de música instrumental. A partir da próxima sexta-feira (1), o estúdio da instituição se transforma num reduto de concertos instrumentais, passeando pelo jazz, blues, MPB e os clássicos nordestinos. São três dias seguidos de shows abertos ao público, com convidados da terra e de outros lugares do País. 
As atrações do primeiro dia são o pernambucano Renato Bandeira e o Duo Taufic, formado por Roberto e Eduardo Taufic, do Rio Grande do Norte. No sábado, Léo Lira representa o Estado e divide a noite com Grass Brasil, dos paulistas Marcelo Modesto, Elthon Silna e Pipoquinha. A despedida do festival, no domingo(3), está toda pernambucana, com as bandas Saracotia, de Rodrigo Samico, Márcio Silva e Rafael Marques, e Mandinga, de Fred Andrade e Ebel Perrelli. 
A música instrumental tem– além de representantes para subir aos palcos –, uma plateia fiel em Pernambuco. É de olho nesse cenário em expansão, que o diretor geral do Conservatório, Sydor Hulak, justifica o novo festival. Para ele, o evento pode ser considerado uma prova da popularidade deste estilo.
“A música instrumental está com um público muito consolidado e forte no Recife. Nós do CPM estávamos devendo um evento como esse para o público do segmento”, diz Sydor. A expectativa é que pelo menos 200 pessoas prestigiem o evento todos os dias. Ao longo das apresentações, duas músicas de cada banda serão gravadas para o CD do festival, produzido em parceria com o projeto CPM gravações.
Leia  a matéria completa na edição do Caderno C desta terça-feira (29). 

SERVIÇOS

Festival de Música Instrumental ? às 19h, na sexta (1), e 17h, no sábado (2) e domingo (3), no Conservatório de Música Pernambucana (Av. João Barros, 594, Boa Vista). Entrada franca.

Jornal do Commercio

Nenhum comentário:

Postar um comentário