16.1.12

GIGANTES DO FREVO


TEXTO José Teles
Maestro Spok inicia gravações do tão sonhado documentário que vai registrar a vida e a carreira de sete dos maiores mestres do frevo de rua.
Quem foi Capitão Zuzinha? A maioria dos moradores de Boa Viagem não vai saber responder a essa pergunta. Apesar de o tal capitão ser o nome de uma movimentada rua do bairro. Nascido em Catende (1989) e falecido no Recife (1962), o maestro José Lourenço da Silva, o Capitão Zuzinha, foi um dos mais importantes compositores pernambucanos do século passado e um dos formatadores do frevo. No entanto, permanece como ilustre desconhecido para a maioria dos conterrâneos.


Maestro Edson Rodrigues gravando para o documentário na Rua da Moeda
Foi com o objetivo de evitar que, no futuro, o mesmo se repetisse com outros maestros igualmente importantes, o também maestro Spock passou a acalentar a ideia de um documentário reunindo sete mestres do frevo: José Menezes (85), Edson Rodrigues (67), Clóvis Pereira (77), Guedes Peixoto (76) Ademir Araújo (67), José Ursicino da Silva, Duda (75) e José Nunes de Souza, Nunes (78): “Na época em que Menezes e Clóvis adoeceram e chegaram a ficar na UTI, eu, por coincidência, assistia, em casa, a um documentário sobre o maestro americano Quincy Jones. Lembrei de outro (filme) sobre a história do jazz e pensei, ´Puxa, os caras registraram tudo, e a gente não tem quase nada dos antigos mestres, já falecidos, mesmo de Capiba e Nelson Ferreira, há pouca imagem´. Precisamos fazer alguma coisa com esses maestros que ainda estão aí”, conta Spok.

Nenhum comentário:

Postar um comentário